O Papa e os Emirados

Alencastro

O pesquisador do Cepesp/FGV, Luiz Felipe Alencastro.

Em sua coluna para o Portal UOL Notícias, o pesquisador do Cepesp/FGV, Luiz Felipe de Alencastro, analisou a histórica visita do Papa Francisco aos Emirados Árabes Unidos. A viagem marcou o encontro entre as duas maiores religiões do mundo, a católica e a islâmica.

Foi a primeira visita de um chefe da Igreja Católica a um país da Península Arábica, local de origem da religião islâmica. No país, Francisco celebrou uma missa para aproximadamente 170.000 pessoas.

Alencastro pontua que os Emirados Árabes Unidos possuem uma liberdade religiosa maior que a de outros países da região, e possui uma elevada população de estrangeiros, em especial de muçulmanos de outras nações.

Segundo Alencastro, a visita do Papa não beneficiou apenas as relações com os islâmicos: Francisco se reuniu com 150 líderes religiosos de todo o mundo. Um deles foi o rabino Mark Schneier, que destacou o benefício da viagem do pontífice, até para o judaísmo.

O pesquisador ressalta, porém, que os EAU (Emirados Árabes Unidos) são uma autocracia e possuem restrição de direitos, com um longo caminho pela frente em busca de uma sociedade mais aberta. Entretanto, o país é um caso raro, sendo um inédito experimento multicultural e nacional.

A coluna completa pode ser lida aqui.

Anúncios


Categorias:Assuntos Contemporâneos, Cepesp na Mídia

Tags:, , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: