É preciso ser expert para ser político?

propaganda de tv

Quando é questionado sobre economia, o candidato presidencial Jair Bolsonaro (PSL) gera polêmica por afirmar não ser especialista no assunto e reafirmar confiar no economista Paulo Guedes, coordenador do seu programa econômico. Para o cientista político do Cepesp, Sérgio Praça, “políticos precisam entender profundamente de políticas públicas? Ou basta confiar em especialistas e focar em atrair partidos políticos para suas propostas? Como quase tudo em política, não há resposta definitiva”.

Diferente do candidato, a ex-presidente Dilma Rousseff idealizava planos econômicos e confiava em seu conhecimento sobre políticas públicas, lembra ele. Para Praça, esse comportamento de Dilma a prejudicou. “A ex-presidente pensa que sabe muito mais sobre políticas públicas do que de fato entende. Idealizadora do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) iniciado em 2007, Dilma não soube antecipar consequências óbvias de um amplo programa de infraestrutura cheio de atividades corruptas”, afirma o pesquisador para a revista Exame.

Mesmo se dizendo pouco conhecedor de economia, Bolsonaro tem sido mais responsável do que um candidato populista que recusa coordenações de especialistas, segundo o cientista político. “Pior do que um político ignorante é um que se acha expert e não ouve economistas com o mínimo de boas publicações acadêmicas”, destaca. Ressalta, porém, que “o problema é que nem sempre os experts são competentes”.

Artigo completo.

 

Anúncios


Categorias:Cepesp na Mídia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: