Cláudio Couto, pesquisador do Cepesp, analisou o quadro eleitoral e a filiação de Joaquim Barbosa ao PSB em entrevista para o Globo News Painel

Em entrevista para o programa Globo News Painel, o cientista político comentou sobre a possível candidatura de Barbosa à Presidência

O cientista político e pesquisador do Cepesp Cláudio Couto, participou do programa Globo News Painel que foi ao ar no dia 14 deste mês, sexta-feira. Na entrevista, também estavam presentes José Álvaro Moisés, professor da Universidade de São Paulo (USP) e editor do site Qualidade da Democracia, e Ivan Fernandes, professor de políticas públicas da Universidade Federal do ABC (UFABC).

Durante a entrevista, os convidados debateram sobre o fim do prazo da filiação e troca partidária no último dia 7, que, segundo eles, foi ofuscado pela prisão do ex-presidente Lula, realizada no mesmo dia. Para Cláudio Couto, qualquer outro evento político sobre o quadro eleitoral “saiu do mapa”, o que resultou em um prejuízo de informação pública para as campanhas dos candidatos com novos partidos.

Outro tema em pauta no programa foi a filiação ao Partido Socialista Brasileiro (PSB) do ex-presidente e ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa. A entrada de Barbosa na cena política ocorreu no último dia 6 e significa a sua possível candidatura à Presidência.

O pesquisador do Cepesp prevê que a filiação do ex-ministro “embaralha mais ainda” o cenário das eleições presidenciais e divide os nomes que apareceram até agora. “Nós temos hoje 4 candidatos convencionais que têm alguma capacidade de disputar. Se entrar, Joaquim Barbosa entra como o chamado ‘outsider’ da política, um candidato que vem de fora, sai do Ministério Público, vai para o Judiciário e de repente entra na cena política”, analisa Couto.

Ele acredita que Barbosa “tende a tirar voto de todo mundo”, tanto dos posicionamentos centrais, quanto dos lados polarizados esquerda e direita. “E tem gente para todo o lado que pode ver nele, ou quem combate a corrupção, que não está misturado com a classe política, ou um candidato que veio de baixo, um homem negro que pode chegar à presidência”, conclui o cientista político.

Assista o programa completo no vídeo.

****

Anúncios


Categorias:Cepesp na Mídia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: